fbpx

Dúvidas Idade Moderna – História Geral

Humanas para o Enem 2020 e Vestibulares tradicionais Fóruns GabaritaGeo Humanas 4.0 Dúvidas Idade Moderna – História Geral

Visualizando 6 posts - 1 até 6 (de 6 do total)
  • Autor
    Posts
  • #20118
    Jean Azevedo
    Mestre
    #26033
    Maria Gabriella
    Participante

    Boa tarde, prof! Fiquei em dúvida nessa questão aqui da lista de revoluções inglesas, poderia me ajudar, por favor? Achei bem confusa, o gabarito deu A
    Foi pela espada que nossos ancestrais introduziram, na criação, o poder de cercar a terra e fazê-la sua propriedade; foram eles que primeiro mataram os seus próximos, os homens, para assim roubarem ou pilharem a terra que a esses pertencia e deixá-la a vós, seus descendentes. (…)
    Eu vos exorto, soldados da República Inglesa! O inimigo não poderia vencer-vos no campo de batalha, porém pode derrotar-vos no campo da política se não estabelecem a liberdade para todos.
    Onde existe um povo…. unido graças à propriedade coletiva dos meios de subsistência até formar uma só pessoa será o seu país o mais poderoso do mundo… a defesa da propriedade e do interesse individual divide o povo de um país e do mundo todo.
    (Gerrard Winstanley. Em Cristopher Hill. O mundo de ponta-cabeça, 1987)

    A partir do documento, é correto afirmar que
    a)
    Gerrard Winstanley defendia a propriedade coletiva da terra, eixo da proposta dos diggers (escavadores), no contexto da Revolução Puritana na Inglaterra, contra a classe proprietária que, vitoriosa militarmente com o exército republicano, massacrou a ameaça radical dos não proprietários.
    b)
    no fim da guerra civil, Gerrard Winstanley, líder do exército republicano inglês, o New Model Army, exortou os soldados a lutarem pela vitória de Cromwell, defensor da propriedade privada e do poder dos proprietários, reassentados na Câmara do Comuns.
    c)
    o líder do partido independente na guerra civil inglesa, Gerrard Winstanley, defendia a propriedade coletiva em nome da liberdade, o que garantiria a reunião de todos os ingleses para a vitória de Cromwell contra Carlos I, decapitado em 1649, o que significou o fim do absolutismo na Inglaterra.
    d)
    o exército republicano, New Model Army, chefiado por Cromwell e unido ao líder dos levellers (niveladores), Gerrard Winstanley, na Revolução Puritana, garantiu a derrota de Carlos I, o que possibilitou a morte do Antigo Regime na Inglaterra e a implantação da propriedade coletiva.
    e)
    com a morte do rei Carlos I, assumiu a chefia da Câmara dos Comuns o deputado Gerrard Winstanley que, com o seu poder, começaram as mudanças radicais, como a propriedade coletiva da terra, anulando os cercamentos que enriqueceram os proprietários e empobreceram os camponeses.

    #26296

    Oi Maria tudo bem..basta analisar que as revoluções nglesas estão vinculdas a diversos grupos sociais que mais trade se consolidariam junto a uma revolução industrial que validariam todos os discursos liberais ao longo do contexto,no entanto é importante levantar que a essencia privada não exclui a construção coletiva de uma terra, basta analisar que a proriedade privada escapa do Estado porem não necessairmente de um grupo de pessoas “donas” da terra, o caso dos diggers por exemplo.

    Abraços

    #26297

    Oi Maria tudo bem..basta analisar que as revoluções nglesas estão vinculdas a diversos grupos sociais que mais trade se consolidariam junto a uma revolução industrial que validariam todos os discursos liberais ao longo do contexto,no entanto é importante levantar que a essencia privada não exclui a construção coletiva de uma terra, basta analisar que a proriedade privada escapa do Estado porem não necessairmente de um grupo de pessoas “donas” da terra, o caso dos diggers por exemplo.

    Abraços

    #26298

    Oi Maria tudo bem..basta analisar que as revoluções nglesas estão vinculdas a diversos grupos sociais que mais trade se consolidariam junto a uma revolução industrial que validariam todos os discursos liberais ao longo do contexto,no entanto é importante levantar que a essencia privada não exclui a construção coletiva de uma terra, basta analisar que a proriedade privada escapa do Estado porem não necessairmente de um grupo de pessoas “donas” da terra, o caso dos diggers por exemplo.

    Abraços

    #26299

    Oi Maria tudo bem..basta analisar que as revoluções nglesas estão vinculdas a diversos grupos sociais que mais trade se consolidariam junto a uma revolução industrial que validariam todos os discursos liberais ao longo do contexto,no entanto é importante levantar que a essencia privada não exclui a construção coletiva de uma terra, basta analisar que a proriedade privada escapa do Estado porem não necessairmente de um grupo de pessoas “donas” da terra, o caso dos diggers por exemplo.

    Abraços

Visualizando 6 posts - 1 até 6 (de 6 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.