fbpx

Dúvidas sobre Sociologia

Visualizando 3 posts - 1 até 3 (de 3 do total)
  • Autor
    Posts
  • #19498
    Jean Azevedo
    Mestre
    #21429
    Giovanna Pinheiro
    Participante

    Olá, boa tarde!! Eu fui fazer essa questão sobre a Escola de Frankfurt, mas não entendi o porquê de a alternativa III estar correta, pois eu tinha entendido que as obras de arte, como mercadorias na indústria cultural, serviriam justamente para atender às expectativas do seu público alvo (ou seja, o individuo). Queria saber: por que as obras de arte estão desvinculadas das reais expectativas dos indivíduos?

    A questão que eu me refiro é essa:

    (Uel) Observe a tira e leia o texto a seguir:
    Quando se concebeu a ideia de razão, o que se pretendia alcançar era mais que a simples
    regulação da relação entre meios e fins: pensava-se nela como o instrumento para compreender
    os fins, para determiná-los.
    Segundo a filosofia do intelectual médio moderno, só existe uma autoridade, a saber, a
    ciência, concebida como classificação de fatos e cálculo de probabilidades.
    (HORKHEIMER, M. Eclipse da Razão. São Paulo: Labor, 1973, pp.18 e 31-32.)
    Com base na tira, no texto e nos conhecimentos sobre o pensamento de Horkheimer a
    respeito da relação entre ciência e razão na modernidade, é correto afirmar:
    I. Se a razão não reflete sobre os fins, torna-se impossível afirmar se um sistema político
    ou econômico, mesmo não sendo democrático, é mais ou menos racional do que outro.
    II. O processo que resulta na transformação de todos os produtos da ação humana em
    mercadorias se origina nos primórdios da sociedade organizada à medida que os
    instrumentos passam a ser utilizados tecnicamente.
    III. A razão subjetivada e formalizada transforma as obras de arte em mercadorias, das
    quais resultam emoções eventuais, desvinculadas das reais expectativas dos indivíduos.
    IV. As atividades em geral, independentes da utilidade, constituem formas de construção
    da existência humana desvinculadas de questões como produtividade e rentabilidade.
    Assinale a alternativa correta.
    a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
    b) Somente as afirmativas I e III são corretas. (correta)
    c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
    d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
    e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

    #26455
    Thaís Chessi
    Participante

    Boa noite, fiquei com dúvida sobre o por que da letra B estar errada. A resposta é letra A, mas não fez sentido para mim já que o camponês não usava as terras e o moinho do senhor? Para mim, seria a letra B

    UFU – SOCIOLOGIA
    Uma das condições históricas para o desenvolvimento do capital foi o
    trabalho livre e a troca de trabalho livre por dinheiro, outra foi a separação
    do trabalho livre das condições objetivas de sua efetivação – dos meios e
    material do trabalho.
    K. Marx, Formações econômicas pré-capitalistas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985, p. 65.
    Nesse trecho, Marx se refere à especificidade do trabalho na sociedade
    capitalista, quando comparado com as formações econômicas que a precederam.
    Com base nas informações fornecidas, é correto afirmar que,
    A) no feudalismo, diferentemente do que ocorre no capitalismo, o camponês, embora
    preso a um sistema de obrigações, era proprietário das ferramentas de trabalho.
    B) nas corporações de oficio, de forma semelhante ao que ocorre no capitalismo,
    havia a divisão social do trabalho.
    C) no capitalismo, diferentemente do que ocorreu no feudalismo, desaparece o
    camponês livre que cede a sua liberdade para dar lugar ao surgimento do
    assalariado.
    D) para desenvolver o capitalismo, os artesãos independentes da Idade Média
    compraram a sua liberdade e se transformaram em trabalhadores livres.

Visualizando 3 posts - 1 até 3 (de 3 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.