fbpx

Dúvidas Idade Antiga – História Geral

Humanas para o Enem 2020 e Vestibulares tradicionais Fóruns GabaritaGeo Humanas 4.0 Dúvidas Idade Antiga – História Geral

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 16 do total)
  • Autor
    Posts
  • #20115
    Jean Azevedo
    Mestre
    #20495
    Giovanna Pinheiro
    Participante

    São apenas duas aulas de Mesopotâmia ou tem mais? Eu sou nova na plataforma e estou meio perdida, pois está dizendo que o curso começa amanhã (03/03) mas há aulas disponíveis do humanas 4.0

    #20758
    Jean Azevedo
    Mestre

    Olá Giovanna

    Siga as aulas do Prof. Baglini de acordo com o cronograma. Aulas de aprofundamento estarão no módulo APROFUNDAMENTO.

    Vamos juntos

    #20857
    Guilherme Carvalho
    Participante

    Professor Rodrigo Baglini, tudo bem?

    (FUVEST-SP)

    Do ponto de vista cultural, na passagem da Antiguidade para a Idade Média, é correto afirma que o patrimônio greco-romano:

    d) não desapareceu com a antiguidade porque a Igreja serviu de conduto para sua sobrevivência

    A Universidade deu essa resposta como a correta. Não entendi! Tudo bem que a cultura greco-romana não desapareceu junto com a antiguidade, MAS COMO QUE A IGREJA SERVIU DE CONDUTO PARA QUE ESSA CULTURA NÃO DESAPARECESSE? Logo a igreja? Me explica, por favor.

    #20859
    Guilherme Carvalho
    Participante

    Em uma outra questão, agora de UEPB, deu como verdadeiro a seguinte proposição:

    ll. A difusão do Cristianismo provocou sensíveis modificações nos sistemas de valores da sociedade romana, notadamente nos segmentos mais pobres da população

    Eu entendo que o Cristianismo começou a se difundir pelos segmentos mais pobres, MAS ELE PROVOCOU MODIFICAÇÕES SENSÍVEIS? Não seriam modificações mais expressivas, notórias?

    Desde já, meu muito obrigado à equipe GabaritaGEO

    #20938
    Luis Felipe
    Participante

    Colega Guilherme, se me permite, gostaria de dissertar a respeito do tema.

    Pode-se dizer que, quando Roma invadiu e dominou os gregos, ela absorveu sua cultura(ou parte dela), daí surgiu a cultura greco-romana. No decorrer do Império Romano do Ocidente, com o Imperador Constantino, o cristianismo passou a ser a religião oficial do Império, com isso, absorvendo muito da cultura do Império para si. E qual evento histórico é o marco que encerra a Idade Antiga e inicia a Idade Média? Justamente a queda do Império Romano do Ocidente. Com essa queda, evidentemente, o Estado Romano ruiu, mas algumas de suas instituições permaneceram, tal como a Igreja Católica, que herdou a cultura greco-romana, fazendo com que ela(a cultura) sobrevivesse diante do caos instaurado com a queda do Império Romano e todos os seus desdobramentos.

    Oras, qual é o idioma “oficial” da Igreja Católica Apostólica Romana? O Latim, idioma oficial do Império Romano do Ocidente.

    Outra coisa é a que diz respeito ao Feudalismo, sistema econômica presente na Alta Idade Média. Houve, nele, influências romanas, tais como a centralização política em um centro simbólico, o Rei, que representaria um César, um Imperador romano, e algumas inovações técnicas, como a técnica militar.

    Outra coisa: era o Papa quem coroava os Imperadores da época, tal como o que ocorreu com Carlos Magno, coroado o primeiro Imperador do Sacro Império Romano(ou seja, ele estaria acima dos demais Reis), em 800, representando uma “continuação” do Império Romano do Ocidente, além da coroação de Ótão I, em 962, coroado Imperador do Sacro Império Romano-Germânico, sendo considerado um sucessor de Carlos Magno.

    Vale a pena destacar, também, que a filosofia de Santo Agostinho foi inspirada em Platão e que a filosofia de São Tomás de Aquino foi inspirada em Aristóteles, sendo ambos Doutores da Igreja, ambos tiveram grande importância para com a doutrina católica, influenciando o corpo doutrinário da Igreja com as suas filosofias baseadas em filósofos gregos.

    Outra coisa: no Renascimento, a Igreja contratou muitos artistas da época para que criassem obras para seus templos. E esse Renascimento é justamente a busca pelos ideais greco-romanos que ficaram “esquecidos” no passado, ou seja, o renascimento da cultura clássica, com toda aquela importância dada à beleza e etc.

    Espero que eu não tenha falado muitas besteiras. Corrijam-me se for o caso.

    Att.

    #20944
    Guilherme Carvalho
    Participante

    Obrigado, Luis Felipe, e fique à vontade sempre. Eu acabei errando por restringir demais a ideia de cultura, me atentei a algumas poucas coisas.

    No entanto, ainda fiquei meio assim em relação à questão da UEPB, pois não entendi quando a proposição afirmou que “a difusão do Cristianismo provocou SENSÍVEIS transformações na sociedade romana”, mesmo que ela tenha permeado a sociedade romana aos poucos, com seus crentes sofrendo represálias, aí vem o Edito de Milão, depois o de Tessalônica, enfim…

    #21151
    Guilherme Carvalho
    Participante

    (UEPG PR)

    Sobre a democracia grega, assinale o que for correto.

    16. A Democracia ateniense era direta e RESTRITA à cidade-estado.

    Gabarito é VERDADEIRO, no entanto eu fiquei com uma dúvida. Esparta viveu uma Diarquia. Atenas, entre outras formas de governo, viveu uma democracia. Mas não havia nenhuma outra cidade-estado grega que tinha a democracia como forma de governo?

    #21401
    Jean Azevedo
    Mestre

    Parabéns Guilherme

    Essa é a ideia do fórum

    Parabéns

    #21402
    Jean Azevedo
    Mestre

    Parabéns Guilherme

    Essa é a ideia do fórum

    Parabéns

    #21426
    Giovanna Pinheiro
    Participante

    (Acho que postei no tópico errado, então estou postando aqui)
    Gente, sobre Grécia
    Alguém sabe me explicar quando que acontece o período helenístico? Ele é o último período, lá da época do Alexandre o Grande ou ele acontece antes disso?

    #21427
    Giovanna Pinheiro
    Participante

    Outra pergunta sobre Grécia: na questão 8 da lista de exercícios, quem seriam os plateus que são citados no texto? Eu não entendi o porquê da resposta ser d) também, segue a questão abaixo:
    8. (Espm 2013) (…) A batalha de Maratona foi longa e cheia de peripécias. Os bárbaros conseguiram desbaratar as
    fileiras do centro do exército ateniense, pondo em fuga os remanescentes; mas as duas alas compostas de atenienses e
    plateus atacaram as forças adversárias que haviam rompido o centro do exército, impondo-lhes uma derrota irreparável.
    Vendo-as fugir lançaram-se em sua perseguição, matando e esquartejando quantos encontraram pela frente, até a beira
    mar, onde se apoderaram de alguns dos navios inimigos.
    (Heródoto. História)
    Assinale a alternativa que apresente, respectivamente, o nome da guerra em que ocorreu a batalha de Maratona bem
    como os bárbaros, mencionados no texto:
    a) Guerra do Peloponeso – troianos;
    b) Guerras Médicas – troianos;
    c) Guerra do Peloponeso – persas;
    d) Guerras Médicas – persas;
    e) Guerras Púnicas – cartagineses.

    #21556
    Giovanna Pinheiro
    Participante

    Tenho outra pergunta kkkkk agora sobre Roma, se puderem me ajudar.
    Na aula 17 – V, o professor fala que tinha o grupo dos patriciados urbanos e o grupo dos patriciados do campo. Eu não entendi quem eram os cavaleiros nessa história, eles eram os patriciados do campo e os comerciantes os patriciados urbanos, isso?

    #21765
    brainonsleep
    Participante

    Oi Giovanna, a pergunta se refere ás Guerras Médicas (também conhecida como Guerras Greco-Persicas): ocorreram pelo avanço da Pérsia sobre as colônias gregas (em uma disputa pelo litoral da Ásia Menor). A Batalha da Maratona (liderada por Dário I em 490 aC), ocorreu nesta guerra (com vitória pela Grécia). Com isto, a resposta é a D) Guerras Médicas – persas (pois os bárbaros mencionados no texto referem-se aos persas que atacaram Atenas).

    #21975

    Fala Guilherme tudo bem??

    Vale destacar que a democracia grega é a gênese desse sistema de governo, por isso, dentro da ótica de cidades-estados tais como era organizadas as pólis , Atenas era o único espaço que tinha as discussões mais avançadas sobre esse sistema que acabava de nascer, por exemplo, ao analisar a democracia que vivemos hoje com a democracia ateniense muitos “gaps” ficam no meio do caminho, a entender quem era a maioria dentro do território grego? Por exemplo só o homem vivia a democracia bem como só quem tinha posses, ou seja, a gênese da democracia é extremante falha e se consolida apenas na idade contemporânea, digamos em alguns lugares kkkkkk

    Abraços

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 16 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.