Para fazer pedagogia tem que gostar de criança? Vamos te mostrar que não necessariamente.

Voltar

Nesse post, explicaremos sobre o curso de pedagogia e suas áreas de atuação, sobre o perfil profissional, sobre as melhores universidades para esse curso e também há um depoimento.

O curso

De um grosso modo, o curso vai habilitar o estudante a compreender como as pessoas aprendem e o que elas aprendem, ou seja, além das disciplinas direcionadas para a docência em si, há as disciplinas básicas de História, Geografia, Matemática, Ciências, Português e afins. As disciplinas de Psicologia da Educação, Educação e Sociedade e Relações Humanas, por exemplo, também fazem parte da grade a ajudam os estudantes a compreenderam como é complexo o processo de educação e como ele não se dá de maneira isolada.

Os graduandos serão também ensinados a alfabetizar e letrar os seus futuros alunos. A alfabetização  se refere ao aprendizado da leitura e da escrita, enquanto o letramento se refere a compreensão e interpretação da linguagem, na função social dela.

As disciplinas de didática, educação inclusiva e avaliação educacional são ofertados na pedagogia para que se explore as diferentes abordagens e metodologias de ensino, reforçando que não há como ensinar salas diferentes do mesmo modo, pois cada sala possui seu “jeitinho” e também cada aluno possui uma velocidade de aprendizagem. Os licenciados são ensinados a estabelecer diálogo entre a teoria e a prática, não abandonando nenhum dos dois.

Já dizia o pai da pedagogia:

 

Informações formais

O curso tem duração média de 4/5 anos, costuma ser ofertado tanto no período diurno como no noturno e abrange as modalidades presencial e/ou a distância. Há a oferta de Bacharel em Pedagogia, porém é bem baixa. A diferença do bacharel e do licenciando é que o licenciado é habilitado a lecionar.

Áreas de atuação

O licenciado em pedagogia poderá atuas na Educação Infantil (0-5 anos), nos primeiros anos do Ensino Fundamental (1º a 5º ano) e na educação de jovens e adultos.

Além disso, ele poderá também atuar na gestão escolar, como diretor, coordenador, orientador educacional e supervisor, na educação especial, em editores e até mesmo abrir sua própria escola.

Perfil do futuro profissional

É importantíssimo que o graduando se interesse por conteúdos sociais, pois isso facilitará seu desempenho escolar e também profissional. É interessante também ser uma pessoa paciente, que consiga articular, intermediar e orientar a aprendizagem da criança, fazendo com que ela estabeleça pontes e conexões do que está sendo ensinado com o que já sabe.

O futuro profissional deve possuir uma perspectiva democrática, pois capacitará seus alunos na gestão de processos educativos, isto é, o tornará um ser agente e ativo na sua aprendizagem, sendo o professor um mediador. Para isso, é preciso dotar criatividade, empatia, tolerância e boa comunicação.

Melhores universidades

Segundo o Ranking Universitário da Folha (RUF), de 2019, as cinco melhores faculdades de Pedagogia são:

1º lugar Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
2º lugar Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
3º lugar Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)
4º lugar Universidade de São Paulo (USP)
5º lugar Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

 

Para ingressar nas duas primeiras, é necessário prestar ENEM e se candidatar no SiSU quando ocorrer o processo seletivo. Na UNESP e na USP, o ingresso se dá por meio de vestibulares próprios, que via de regra ocorrem em duas etapas: a primeira é uma prova de múltipla escolha, de conhecimentos gerais, e a segunda é uma prova de questões dissertativas, de conhecimentos específicos. A PUC possui ambos sistemas: nota do ENEM e vestibular próprio.

 

Depoimento

“Quando comecei o curso de graduação em pedagogia em 2014, toda minha vida mudou. A Universidade me proporcionou experiências, vivências e aprendizagens verdadeiramente significativas e valiosas em todos os âmbitos da minha vida. Logo no início me apaixonei pelo curso, e a cada semestre (disciplinas, estágios, TCC, iniciação científica, congressos, cursos, aulas, enfim, tudo), que passava eu tinha mais certeza e felicidade em estar cursando pedagogia! Atualmente, há quatro anos formada, exerço a profissão na área da Educação Infantil, no entanto, a graduação me despertou para o imenso leque de possibilidades existentes: lecionar na educação infantil e/ou anos iniciais do ensino fundamental, atuar como coordenadora pedagógica, trabalhar com ensino de jovens e adultos (EJA), em instituições e projetos, trabalhar na área de recursos humanos de empresas, entre tantas outras possibilidades.
Afinal, como diz o clichê mais verdadeiro que existe “O professor é aquele que torna todas as outras profissões possíveis”. (Letícia Zampieri, formada em Pedagogia pela UNESP-Ibilce)

Que depoimento ein! Até eu quero prestar Pedagogia agora…para isso já vou acompanhar o instagram do GabaritaGeo , faça o mesmo ein!