fbpx

Biologia USP (2018 e 2020)

Voltar

Biologia USP (2018 e 2020)

2018

1) Borboleta, lula e avestruz têm como principal excreta nitrogenado, respectivamente,
a) ácido úrico, amônia e ácido úrico.
b) ácido úrico, ureia e amônia.
c) amônia, ácido úrico e amônia.
d) amônia, ureia e ácido úrico.
e) ureia, amônia e ácido úrico.

2) No sistema circulatório humano,
a) a veia cava superior transporta sangue pobre em oxigênio, coletado da cabeça, dos braços e da parte superior do tronco, e chega ao átrio esquerdo do coração.
b) a veia cava inferior transporta sangue pobre em oxigênio, coletado da parte inferior do tronco e dos membros inferiores, e chega ao átrio direito do coração.
c) a artéria pulmonar transporta sangue rico em oxigênio, do coração até os pulmões.
d) as veias pulmonares transportam sangue rico em oxigênio, dos pulmões até o átrio direito do coração.
e) a artéria aorta transporta sangue rico em oxigênio para o corpo, por meio da circulação sistêmica, e sai do ventrículo direito do coração.

3) No grupo dos fungos, são conhecidas perto de 100 mil espécies. Esse grupo tão diverso inclui espécies que
a) são sapróbias, fundamentais na ciclagem dos nutrientes, pois sintetizam açúcares a partir do dióxido de carbono do ar.
b) são parasitas, procariontes heterotróficos que absorvem compostos orgânicos produzidos pelos organismos hospedeiros.
c) são comestíveis, pertencentes a um grupo de fungos primitivos que não formam corpos de frutificação.
d) formam, com as raízes de plantas, associações chamadas micorrizas, mutuamente benéficas, pela troca de nutrientes.
e) realizam respiração, na presença de oxigênio, e fotossíntese, na ausência desse gás, sendo, portanto, anaeróbias facultativas.

4) Analise as três afirmações sobre o controle da respiração em humanos.
I. Impulsos nervosos estimulam a contração do diafragma e dos músculos intercostais, provocando a inspiração.
II.  A concentração de dióxido de carbono no sangue influencia o ritmo respiratório.
III. O ritmo respiratório pode ser controlado voluntariamente, mas na maior parte do tempo tem controle involuntário.

Está correto o que se afirma em
a) I, apenas.
b) I e III, apenas.
c) III, apenas.
d) II e III, apenas.
e) I, II e III.

5) A surdez é geneticamente heterogênea: pode ser causada por mutações em diferentes genes, localizados nos autossomos ou no cromossomo X ou, ainda, por mutações em genes mitocondriais.

A(s) família(s) em que o padrão de herança permite afastar a possibilidade de que a surdez tenha herança mitocondrial é(são) apenas
a) 1.
b) 2 e 3.
c) 3.
d) 3 e 4.
e) 4.

6) Muitas plantas adaptadas a ambientes terrestres secos e com alta intensidade luminosa apresentam folhas
a) pequenas com estômatos concentrados na parte inferior, muitos tricomas claros, cutícula impermeável e parênquima aquífero.
b) grandes com estômatos concentrados na parte inferior, poucos tricomas claros, cutícula impermeável e parênquima aerífero.
c) pequenas com estômatos concentrados na parte superior, ausência de tricomas, cera sobre a epiderme foliar e parênquima aquífero.
d) grandes com estômatos igualmente distribuídos em ambas as partes, ausência de tricomas, ausência de cera sobre a epiderme foliar e parênquima aerífero.
e) pequenas com estômatos concentrados na parte superior, muitos tricomas claros, cera sobre a epiderme foliar e parênquima aerífero.

2020

7) Várias espécies do gênero Candida, que pertence ao grupo de fungos unicelulares, reproduzem-se por brotamento (gemulação), espalhando-se rapidamente. No grupo dos fungos pluricelulares, a rápida colonização de novos ambientes deve-se, em grande parte, ao fato de que esse grupo possui
a) esporos haploides que germinam e colonizam o ambiente.
b) reprodução assexuada, produzindo descendentes que são genotipicamente diferentes.
c) zigotos haploides que crescem aceleradamente com mitoses sucessivas.
d) cistos de resistência que encapsulam adultos diploides.
e) fases autotróficas, podendo viver sem disponibilidade de alimento externo.

8) Analise o esquema de uma célula adulta:

As estruturas I, II, III e IV caracterizam-se pela presença, respectivamente, de
a) glicídeo, lipídeo, água e ácido nucleico.
b) proteína, glicídeo, água e ácido nucleico.
c) lipídeo, proteína, glicídeo e ácido nucleico.
d) lipídeo, glicídeo, ácido nucleico e água.
e) glicídeo, proteína, ácido nucleico e água.

9) Analise a seguinte genealogia de uma doença:

Foi levantada a hipótese de que a doença possui padrão de herança dominante ligada ao cromossomo X. O que levou a tal conclusão foi a
a) incidência da doença em mulheres e homens.
b) transmissão do alelo mutante apenas às filhas de um homem afetado.
c) presença de pessoas afetadas em todas as gerações.
d) transmissão do alelo mutante às filhas e aos filhos de uma mulher afetada.
e) presença de pelo menos um dos genitores afetados.

10) Analise os esquemas simplificados das células 1 e 2:

Células como as representadas em 1 e 2 podem ser encontradas, respectivamente, no
a) sangue e no fígado.
b) osso e no pâncreas.
c) músculo esquelético e no pâncreas.
d) músculo cardíaco e no osso.
e) pâncreas e no fígado.

Resoluções

1) Alternativa A.

Borboleta, lula e avestruz secretam, respectivamente, ácido úrico, amônia e ácido úrico.

2) Alternativa B.

A veia cava inferior é responsável por trazer o sangue venoso, que é pobre em oxigênio, da região inferior e abdominal. O que é recolhido chega no átrio direito do coração.

3) Alternativa D.

Os fungos são heterótrofos, eucariontes e podem realizar com plantas a relação harmônica do tipo mutualismo. Dizer que são heterótrofos significa dizer que eles não produzem seus próprios alimentos, necessitam procurar fora, e assinalar que eles são eucariontes significa dizer que possuem um núcleo delimitado por um envoltório nuclear.
A relação de mutualismo que exercem é chamada de micorriza, ao mesmo tempo que os fungos aumentam a capacidade de absorção dos nutrientes das plantas, elas oferecem açúcares e aminoácidos que são fundamentais para a existência dos fungos.

4) Alternativa E.

Todas as afirmativas, em relação à respiração dos animais, são verdadeiras.

5) Alternativa C.

Levando em consideração que as mitocôndrias são sempre herdadas do óvulo, e nunca do espermatozoide, a família que afasta a possibilidade de surdez por herança mitocondrial é a 3.  Nessa família, o padrão foi passado para os filhos via genes do pai, já que ele e os filhos estão preenchidos no esquema, e a mãe não. Assim, afasta-se a possibilidade de herança mitocondrial.

6) Alternativa A.

As plantas que se adaptam a ambientes terrestres secos são chamadas de xerófitas e para sobreviverem nesse tipo de ambiente, suas folhas são pequenas (ou são transformadas em espinhos), possuem cutícula espessa e impermeável, pelos claros para reflexão da luz, estômatos pequenos na superfície inferior e parênquima aquífero.

7) Alternativa A.

Os fungos utilizam, como modo mais frequente, a reprodução via formação de esporos haplóides, gerando novos organismos. Nos fungos pluricelulares, a produção geralmente ocorre por meiose, como é o caso dos basideomicetos.

8) Alternativa A.

O esquema é de uma célula vegetal, sendo a estrutura I a parede celular (com presença de celulose, um glicídio), a II é uma membrana plasmática (composto por lipídeos e proteína), a III é um vacúolo (onde há água), e a IV são os locais que encontramos os ácidos nucleicos.

9) Alternativa B.

Sendo a doença ligada ao cromossomo X e observando que o pai (XRY) afetado, ele transmite o XR mutante às filhas (XR Xr ), o que já as deixa doente, pois basta um gene alterado para determinar a doença.

10) Alternativa C.

As células do músculo esquelético possuem alto número de mitocôndrias, necessitando de muita energia para exercer suas atividades. Já as células pancreáticas, possuem como principal objetivo a secreção, sendo necessário a presença de muitas vesículas secretoras, que expelem o suco pancreático (rico em enzimas) para o sistema digestivo.

Deixe um comentário