fbpx

Lista de Geopolítica

Voltar

QUESTÕES SOBRE GEOPOLÍTICA

1) (URCA 2017/2) Sobre a Geopolítica do mundo atual é correto afirmarmos.

I. Estados Unidos e União Soviética alimentaram tensões internas entre o Norte e o Sul da então unificada Coreia, levando à eclosão da Guerra das Coreias em 1950.
II. O conflito na Síria surgiu junto aos movimentos da Primavera Árabe na Palestina e em Israel. A reação violenta do governo, aos protestos populares, resultou em aumento das tensões. Os rebeldes, em sua maioria muçulmanos sunitas, sofrem forte repressão de Bashar Al-Assad que pertence à minoria xiita.
III. No início dos anos 1980, o governo chinês criou as Zonas Econômicas Especiais, cujo objetivo era atrair pequenos proprietários rurais para se tornarem empresários industriais com apoio estatal.
IV. Após os atentados de 11 de Setembro de 2001, o governo dos Estados Unidos da América aprovou uma série de medidas com o objetivo de proteger os cidadãos estadunidenses da ameaça representada pelo terrorismo internacional.

São corretas APENAS:
a) II e III;
b)I, III e IV;
c) III e IV;
d) I e III;
e) I e IV.

2) (PUC-PR) O conceito de BRIC foi criado por Jim O’Neil, economista chefe do Banco de Investimentos Goldman Sachs em 2001. Com relação ao BRIC, é CORRETO afirmar:

a) BRIC é uma sigla que se refere às iniciais dos países que a compõem: Brasil, Rússia, Índia e Cuba.
b) O Fundo Monetário Brasileiro estima que os países que integram o BRIC serão responsáveis por apenas 21% do crescimento econômico mundial devido à crise de 2008.
c) Além do BRIC, o Brasil participa também do IBAS, organização dos países: Indonésia, Brasil e África do Sul, com vistas a melhorar a integração cultural entre esses países.
d) Líderes do BRIC assinaram um acordo em 2010 que deverá facilitar o financiamento de obras e projetos nestas nações priorizando as áreas de energia e infraestrutura.
e) O BRIC é uma organização fundada pelo Brasil, que prevê a união de determinados países com o objetivo de unificar as suas respectivas moedas, fortalecendo-os no mercado internacional.

3) (ENEM 2010) O G-20 é o grupo que reúne os países do G-7, os mais industrializados do mundo (EUA, Japão, Alemanha, França, Reino Unido, Itália e Canadá), a União Europeia e os principais emergentes (Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Coreia do Sul, Indonésia, México e Turquia). Esse grupo de países vem ganhando força nos fóruns internacionais de decisão e consulta.

ALLAN. R. Crise global. Dísponivel em: https://conteudoclippingmp.planejamento.gov.br. Acesso em: 31 jul. 2010.

Entre os países emergentes que formam o G-20, estão os chamados BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), termo criado em 2001 para referir-se aos países que
a) apresentam características econômicas promissoras para as próximas décadas.
b) possuem base tecnológica mais elevada.
c) apresentam índices de igualdade social e econômica mais acentuados.
d) apresentam diversidade ambiental suficiente para impulsionar a economia global.
e) possuem similaridades culturais capazes de alavancar a economia mundial.

4) (UEA 2019) No período conhecido como Guerra Fria, o cenário geopolítico mundial apresentava-se bipolarizado entre os blocos liderados pelos Estados Unidos e pela União Soviética. No plano militar, esses blocos formaram:

a) a Organização do Tratado do Atlântico Norte e o Pacto de Varsóvia.
b) a Conferência de Bretton Woods e o Grupo dos Oito.
c) o Mercado Comum Europeu e o Conselho de Ajuda Econômica Mútua.
d) o Grupo dos Sete e a Comunidade dos Estados Independentes.
e) o Comitê de Forças Armadas e a Comissão de Consolidação da Paz.

5) (Urca) Sobre a geopolítica energética, é correto afirmarmos:

a) Algumas das principais áreas produtoras de petróleo encontram-se, no Oriente Médio, na África e na América Latina, isso devido ao predomínio de rochas cristalinas nas estruturas geológicas dessas regiões.
b) A participação do petróleo no conjunto das fontes energéticas vem crescendo lentamente, enquanto a de outras fontes vem decaindo.
c) A recente crise dos Estados Unidos com o Irã, com a iminência de uma guerra, poderá trazer consequências favoráveis ao mundo, com a baixa do preço do petróleo.
d) Em meados do século XVIII, a Inglaterra foi palco da Revolução Industrial. Vários motivos contribuíram para esse fato, entre os quais, a posse de grandes recursos energéticos como o carvão mineral, que, sem dúvida alguma, contribuiu muito para a eclosão da Revolução Industrial.
d) A recente crise do Golfo Pérsico, com a iminência de uma guerra, poderá trazer consequências favoráveis ao mundo, como a baixa do preço do petróleo do Iraque.

6) (ENEM 2013)

Disneylândia

Multinacionais japonesas instalam empresas em Hong-Kong
E produzem com matéria-prima brasileira
Para competir no mercado americano
[…]

Pilhas americanas alimentam eletrodomésticos ingleses na Nova Guiné
Gasolina árabe alimenta automóveis americanos na África do Sul
[…]

Crianças iraquianas fugidas da guerra
Não obtêm visto no consulado americano do Egito
Para entrarem na Disneylândia

ANTUNES, A. Disponível em: www.radio.uol.com.br. Acesso em: 3 fev. 2013 (fragmento).

Na canção, ressalta-se a coexistência, no contexto internacional atual, das seguintes situações:

a) Acirramento do controle alfandegário e estímulo ao capital especulativo.
b) Ampliação das trocas econômicas e seletividade dos fluxos populacionais.
c) Intensificação do controle informacional e adoção de barreiras fitossanitárias.
d) Aumento da circulação mercantil e desregulamentação do sistema financeiro.
e) Expansão do protecionismo comercial e descaracterização de identidades nacionais.

7) Como o banco dos Brics altera a geopolítica financeira

A instituição criada em julho de 2014 pelas nações que integram o grupo de emergentes – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – pretende financiar os primeiros projetos de desenvolvimento sustentável em países pobres já a partir do ano que vem (…)
O acordo para a criação do banco de fomento a investimentos públicos entrou em vigor no dia 3 de julho [de 2015]. O banco terá sede em Xangai, na China, e será presidido durante um primeiro mandato de cinco anos pelo indiano K. V. Kamath. O capital inicial é de 50 bilhões de dólares, somado a um fundo de resgate financeiro – Arranjo Contingente de Reservas – no valor de 100 bilhões de dólares. Os líderes dos Brics definem os detalhes do funcionamento da instituição nesta quarta e quinta-feira, durante a cúpula (…).

Deutsche Welle, 08 jul. 2015. Acesso em: 14 ago. 2015 (adaptado).

A posição dos BRICS na geopolítica atual, mediante a ação acima exposta, reflete uma postura de:

a) concorrência com os principais centros comerciais estrangeiros.
b) desalinhamento com a política dos países desenvolvidos.
c) disputa bélica entre países subdesenvolvidos e desenvolvidos.
d) liderança sobre as economias emergentes e do chamado “segundo mundo”.
e) subalternidade perante os polos dominantes de poder na ordem mundial atual.

8) Charge sobre a ajuda militar em direção à Líbia.

Disponível em: <http://www.duniverso.com.br>. Acesso em: 14 ago. 2015.

Considerando os acontecimentos recentes e o cenário geopolítico global da atualidade, a charge faz uma crítica:

a) ao expansionismo norte-americano no Oriente Médio e na Ásia.
b) ao papel dos Estados Unidos no conflito entre judeus e palestinos.
c) ao suposto combate a grupos terroristas que se revele em uma busca por petróleo.
d) à posição da ONU de subserviência e inação perante a guerra civil na Líbia.
e) à atuação da OTAN e os seus interesses estratégicos sobre a Primavera Árabe.

 9) (UFSC 2016) Sobre a geopolítica e o comércio internacional na atualidade, é CORRETO afirmar que:

1) México, depois de se associar ao NAFTA (sigla em inglês de North American Free Trade Agreement), vem passando por um virtuoso processo de crescimento industrial, sem perder sua autonomia para decidir sobre políticas industriais.

2) a China, parte integrante do acrônimo BRICS, criou as chamadas Zonas Econômicas Especiais, um dos fatores determinantes para sua industrialização.

4) a Índia tem se destacado por sua taxa de mão de obra qualificada, principalmente nos setores de serviços e de informática, a despeito de ainda apresentar grande percentual de pobreza entre sua população.

8) a Rússia, mesmo sendo considerado um país integrante do G-8 (grupo dos oito países mais ricos do mundo), tem um desempenho econômico muito semelhante ao dos países “emergentes”.

16) a África do Sul tentou se tornar membro do BRICS, contudo a política econômica do apartheid a impede de ser incluída em fóruns internacionais.

25) o BRICS é um bloco econômico composto de cinco países que têm em comum o fato de serem banhados pelo Oceano Atlântico e de possuírem grandes reservas de petróleo.

SOMA= ?

10) (FUVEST 2017) Anamorfose geográfica representa superfícies dos países em áreas proporcionais a uma determinada quantidade. Observe as seguintes anamorfoses:

Nas alternativas apresentadas, os títulos que identificam de forma correta as anamorfoses I e II são, respectivamente:

a) Transporte aéreo e Transporte ferroviário.
b) População urbana e População rural.
c) População total e Produto Interno Bruto.
d) Ocorrência de HIV e Ocorrência de malária.
e) Exportação de armas e Importação de armas.

11) (Enem 2016) No início de maio de 2014, a instalação da plataforma petrolífera de perfuração HYSY-981 nas águas contestadas do Mar da China Meridional suscitou especulações sobre as motivações chinesas. Na avaliação de diversos observadores ocidentais, Pequim pretendeu, com esse gesto, demonstrar que pode impor seu controle e dissuadir outros países de seguir com suas reivindicações de direito de exploração dessas águas, como é o caso do Vietnã e das Filipinas.

KLARE, M.T. A guerra pelo petróleo se joga no mar. Le Monde Diplomatique Brasil, abr. 2015.

A ação da China em relação à situação descrita no texto evidencia um conflito que tem como foco o(a):

a) Distribuição das zonas econômicas especiais.
b) Monopólio das inovações tecnológicas extrativas.
c) Dinamização da atividade comercial.
d) Jurisdição da soberania territorial.
e) Embargo da produção industrial.

Resoluções

1) Alternativa E.

Quando ocorreu a divisão da Península coreana, dois governos surgiram: ao norte o governo comunista de Kim Il-Sung e ao sul o governo capitalista de Syngman Rhee. Os norte-coreanos tinham contato direto com a União Soviética, que lhes proporcionava suporte econômico e militar.

A partir dessa base sólida, o Kim Il-Sung aflora o desejo de unificar as coreias,  buscando apoio dos soviéticos para isso, que de início foi contra para não ter conflito com os EUA, mas acabou ajudando. A contribuição se deu mais por logística e suprimentos, do que propriamente por questões militares. Os chineses, sob pressão dos soviéticos, foram que forneceram milhares de soldados para os norte-coreanos.

A Guerra das Coreias iniciou-se quando as tropas norte-coreanas ultrapassaram a fronteira para dar início à invasão da Coreia do Sul, mais precisamente em 25 de junho de 1950.

Pós ataque de 11 de setembro, o então presidente George W. Bush assinou o USA Patriot Act (ou a “Lei Patriótica”). Esse decreto permitia que a inteligência interceptasse comunicações de pessoas supostamente envolvidas com terrorismo sem autorização judicial. Barack Obama estendeu esse decreto até 2015. Posteriormente, o Congresso decidiu substituir o Patriot Act pelo USA Freedom Act, que possui restrições quanto o manuseamento dos dados.

2) Alternativa D.

Integrantes do BRICs:  Brasil, Rússia, Índia e China. O objetivo desse grupo é cooperação mútua, ou seja, facilitar o financiamento de obras e projetos entre eles. As áreas priorizadas são de energia e infraestrutura.

3) Alternativa A.

Mesmo em constante e potencial crescimento, os países emergente apresentam ainda diversos problemas, entre eles a alta desigualdade social e econômica, o atraso tecnológico, estrutura (saneamento básico, não recolhimento de lixos) e outros.  Mesmo compartilhando esses problemas, há uma diversidade cultural muito grande entre eles.

4) Alternativa A.

Os blocos formaram a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) como um organismo militar dos EUA para proteger países aliados. Na mesma lógica, a União Soviética criou o Pacto de Varsóvia.

5) Alternativa D.

O país pioneiro na geopolítica energética mundial foi a Inglaterra. Esse pioneirismo veio da Revolução Industrial, iniciada no país no século XVIII, a qual  começou a utilizar fontes de energias diferentes, como o carvão mineral, em seus processos produtivos.

6) Alternativa B.

Há contradições no sistema geopolítico mundial atual e a globalização, pois se por um lado a produção industrial pode ser variada, contar com diversos países e se deslocar por eles, as nações não tem tanta liberdade de fluxo e/ou deslocamento. Vejamos o trecho: “Gasolina árabe alimenta automóveis americanos na África do Sul” e  “Crianças iraquianas fugidas da guerra/Não obtêm visto no consulado americano do Egito”.

7) Alternativa B.

O banco dos BRICS foi criado pelo desalinhamento dos países envolvidos com o FMI e com o Banco Mundial. O Banco BRICS quer oferecer ajuda e cooperação ao países subdesenvolvidos, enquanto os demais bancos (e países desenvolvidos) não.

8) Alternativa E.

A charge faz uma critica em relação a suposta intervenção caridosa que os EUA fez na guerra civil da Líbia (no contexto da Primavera Árabe). A intervenção militar da OTAN não teria o intuito de ajudar, mas de buscar o pretróleo disponível no país norte-africano.

9) 2+4+8= 14

Zonas Econômicas Especiais: criadas com o objetivo de alavancar a produção industrial da China, que estava em crise desde a década de 1960, e fortalecer o volume total das exportações. Essas áreas são destinadas especificamente para direcionar a atividade industrial, oferecendo vantagens e atraindo investimentos estrangeiros.

A Índia se destaca por sua produção industrial de tecnologia de ponta, produtora de eletroeletrônicos, agroindustriais, informática (maior produtora de softwares do mundo), biotecnologia. Todos esses produtos concorrem diretamente com as indústrias dos países desenvolvidos.  Além da parte tecnológica, é destaque na produção produção industrial de base, tais como: têxtil, siderúrgica e química.

A Rússia é chamada de superpotência emergente devido ao seu alto poderio militar. Depois da Guerra Fria (como União Soviética) entrou em decadência, mas atualmente está enriquecendo novamente e faz parte das economias BRICS.

10) Alternativa E.

As anamorfoses são indicativos dos países que mais exportam e exportam armamentos, pois  em I, temos destaque dos Estados Unidos, Europa e Rússia, principais exportadores, e, em II,  destaque do Oriente Médio, restante da Ásia, além de Colômbia (área das Farc) e Venezuela; todas grandes importadores.

11) Alternativa D.

A soberania da Zona Econômica Exclusiva (ZEE), que é uma área de exploração econômica adjacente ao mar territorial de determinado país, está atrelada ao respectivo mar territorial. Se há  instalação de uma plataforma de exploração em uma ZEE alheia, há conflitos enormes, pois fere a soberania territorial.