O que você precisa saber sobre a graduação de Economia

Voltar

Sua escolha é Economia? Neste post falaremos um pouco mais sobre o curso!

O curso

A faculdade de Economia não atrai somente quem possui afinidade com Matemática não. Nela matérias como História e Geografia também são importantes e compõem o estudo, pois o objetivo é entender como a sociedade se organiza economicamente: produção, distribuição e consumo de bens e serviços.

O curso é ofertado em grau bacharel e tem duração média de quatro anos, podendo ser cursado na modalidade presencial ou a distância.

Disciplinas

As aulas do curso são essencialmente teóricas, o que exige muitas leituras, resumos e marca-textos. A dedicação aos estudos deve ser constante, pois os assuntos se atualizam com muita frequência e as bases são os acontecimentos políticos e econômicos mundiais atuais.

Essas aulas teóricas, se dividem entre as Ciências Humanas e as Ciências Exatas. Nas exatas há diversas aulas de cálculo e análises financeiras.

Como de costume, o curso começa do mais básico para ir avançando. Nos primeiros semestres os estudantes terão disciplinas que abordem a História da Economia brasileira e mundial, aprendendo também sobre os pensamentos e teorias econômicas, que evoluem de escola teórica para escola teórica.

Os conceitos de contabilidade, matemática, cálculo e administração financeira são repassados ao longo de todo o curso, sendo relembrados e, por vezes, aprofundados. Depois da base, o estudante aprenderá métodos quantitativos de análise e economia aplicada.

Algumas das disciplinas específicas são:

  • Macroeconomia
  • Microeconomia
  • Economia do Setor Público
  • Economia Internacional
  • Economia Política.

Algumas das disciplinas humanas:

  • Administração de Recursos Humanos
  • Antropologia
  • Sociologia
  • Direito aplicado aos negócios

Por ser uma profissão regulamentada por lei, o profissional, depois de formado, deve obter um registro junto ao Conselho Regional de Economia (Corecon) do estado em que trabalha.

 

Áreas de atuação

O curso forma pessoas que saberão identificar a possibilidade de valorização patrimonial em empresas, garantir a saúde financeira e identificar a capacidade de expansão de uma instituição. Além disso, são capazes de verificar a adequação dos recursos financeiros, observar as restrições orçamentárias, planejar em números o crescimento de empresas e fazer leituras de mercado.

A atuação profissional poderá ser tanto no setor privado como no setor público. No privado, poderá trabalha para bancos, seguradoras, financeiras e corretoras. No público, poderá atuar em secretarias estaduais, ministérios e bancos públicos (Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e Banco Central).

Economia na USP

A seguir, apresentamos o Projeto Pedagógico da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (USP):

“A FEA-RP oferece um curso de Economia atualizado, que visa o aprofundamento teórico e a aplicação de conceitos e métodos para analisar fenômenos que compõem o objeto da prática cotidiana do Economista. O curso está baseado em quatro pilares: Microeconomia, Macroeconomia, História Econômica e Econometria.

A Microeconomia estuda o comportamento dos indivíduos e das firmas. Compreende análises dos mercados, da produção, da eficiência, da oferta e da demanda, de firmas, de falhas de mercado, do setor público entre outros.

A Macroeconomia examina os agregados econômicos dos países, detalhando os determinantes do crescimento econômico, das oscilações econômicas, da inflação, da política monetária e da política fiscal.

A História Econômica abrange estudos sobre o desenvolvimento da economia ao longo da história tanto em termos mundiais como especificamente ao longo da história brasileira. A Econometria, por fim, compreende a mensuração e testes de fenômenos econômicos, que se realiza por meio do ferramental matemático e estatístico, possuindo o curso uma carga elevada dessas duas ciências.”

No ano de 2021, a nota de corte para o curso, via SiSU, foi de 770,47 em ampla concorrência e, via FUVEST, a nota de corte foi 49 pontos. A USP é a primeira colocada no RUF de 2019.

 

Quer continuar por dentro dos cursos e informações de vestibulares? Continue nos acompanhando aqui e no nosso Instagram!!!