Medicina em federal? UFRN!

Voltar

Conheça a UFRN

Situada no estado do Rio Grande do Norte, no nordeste brasileiro, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte é uma das maiores da região.

É uma Universidade de ampla atuação e as atividades de ensino, pesquisa e extensão abrangem as ciências humanas, sociais, exatas e da terra, biológicas, da saúde, tecnologia e artes.

A UFRN oferece o curso em dois campis: no Centro de Ciências da Saúde (CCS), em Natal, e na Escola Multicampi de Ciências Médicas (EMCM), em Caicó.

O CCS fica ao lado do Hospital Onofre Lopes, porém seus departamentos são espalhados pela cidade. É no complexo hospitalar que o curso de Medicina é proporcionado, oferecendo então aos alunos a prática e o “clima” de sua futura profissão.

A EMCM iniciou as suas atividades em 2014 e faz parte de um projeto de interiorização da UFRN. O objetivo é formar e fixar médicos no interior do Estado, já que geralmente os estudantes acabando indo para os grandes centros.

A sede se localiza no município de Caicó, mas Santa Cruz e Currais Novos também são campis em que as atividades do curso se desenvolvem. A EMCM possui como diferencial sua proposta pedagógica centrada no estudante e em problemas reais de saúde. A principal metodologia de ensino da escola é a aprendizagem baseada em problemas. O curso é altamente vinculado com a comunidade e suas realidades.

Como estudar na Medicina na UFRN

A principal forma de ingresso na UFRN é pelo ENEM, mais especificamente através do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Em 2020 a nota de corte para Medicina em Caicó foi de 884,92 (ampla concorrência), bem alto, certo? Em Natal, a situação foi um pouco melhor, 768,12, também em ampla concorrência.

Mesmo o SiSU ocorrendo duas vezes ao ano, desde 2015, a UFRN oferece as vagas exclusivamente no primeiro semestre, sendo aproximadamente 7 mil vagas. A média final do SiSu, em questões de classificação, se dará pela média ponderada das notas das provas.

A Universidade exige notas mínimas nas provas realizadas no ENEM e também os pesos das provas variam de acordo com o curso pretendido. Vejamos:

Mas, como se dão as notas de corte do SiSU?

Bom, eles separam 50% das vagas para ampla concorrência e os outros 50% para os alunos que fizeram o Ensino Médio em escolas públicas. Entre os alunos de escola pública há separações segundo as políticas de cota: faixa de renda, cotas raciais, pessoas com deficiência e outros.

Um diferencial da UFRN é o Argumenta da Inclusão social, que prevê uma política de reserva de vagas para quem comprovar ter sido estudante na região.

Sabemos que Medicina é concorrido e é difícil, mas confie em você e siga! E aposte na EMCM se deseja uma abordagem mais social, voltada para a comunidade e para a prática. Se desejar uma abordagem mais “teórica”, em aspas pois há muita prática no Hospital, opte pelo CCS.

Gostou? Pretende ser o próximo aluno de Medicina da UFRN? Acompanhe o Instagram (https://www.instagram.com/gabaritageo/@gabaritageo) e a plataforma para alcançar seu objetivo. 

Para elaborar o texto a autora se pautou em vídeos disponibilizados no YouTube pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, bem como seu site oficial e seu site vinculado ao SiSU.