Odontologia: o que você precisa saber?!

Voltar

Nesse post, vamos falar um pouco sobre o curso de Odontologia e, mais especificamente, sobre o curso de Odontologia da UNESP.

A carreira

O odontologista é um profissional da área da saúde responsável pela saúde bucal. Sobre ele, ele irá prevenir doenças, dar diagnósticos e fazer tratamentos quando necessário, por exemplo, corrigir postura da língua, corrigir mordidas, corrigir posicionamento estrutural dos dentes, entre outras possibilidades.

Depois de formado, os dentistas são cirurgião-dentista e pós receber seu registro no Conselho Regional de Odontologia (CRO) poderá atuar na restauração, extração e limpeza de dentes. Além dessas funções, pode projetar e instalar próteses, realizar cirurgias e tratar doenças da gengiva, da bochecha e da língua, sendo apto a prescrever remédios.

Para ser especialista, o dentista precisa fazer especialização em alguma das 23 áreas previstas pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO). Dentre as opções, podemos citar odontopediatria, ortodontista, endodontista, cirurgião bucomaxilofacial e outros.

O primeiro, é o responsável por atender crianças, sendo sua função monitorar o desenvolvimento da arcada dentária e do rosto, bem como cuidar e preservar os dentes de leite até a troca pelos permanentes. É ele também que observará o desenvolvimento da fala e da mastigação.

O segundo é o responsável pelos tão temidos aparelhos. Ele aplicará e fará a manutenção desses aparelhos ortodônticos, promovendo o posicionamento correto dos dentes e do osso do maxilar. Esse especialista previne e trata problemas de crescimento e desenvolvimento da face, dos arcos dentários e da mordida.

O terceiro é responsável por cuidar da polpa dentária, que é a parte que fica dentro do dente. Essa polpa possui sistema de canais radiculares e tecidos periapicais, que sustentam, nutrem e defendem os dentes. Sendo assim, é esse especialista que fará o conhecido “canal”, tentando preservar o dente e o manter na cavidade bucal.

O último, atuará mais em ambiente ambulatorial ou hospitalar, dando diagnóstico e realizando tratamento de doenças, lesões, traumatismo e anomalias do aparelho mastigatório e estruturas craniofaciais associadas.

Para além da questão de saúde, com a intensificação da busca pela perfeição estética, os dentistas passaram a poder explorar os tratamentos estéticos. Os mais famosos são a bichectomia, clareamento dental e as tão conhecidas lentes de contato dentária (ou então as resinas de porcelana).

 

 

Mercado de trabalho

Como vimos, o dentista poderá trabalhar em diversos âmbitos, hospitais, clínicas odontológicas, postos de saúde, cooperativas, sindicatos, escolas e no seu próprio consultório.

Apesar de formar muitos dentistas, há demanda para todos atuarem, principalmente em cidades do interior. Assim, o que ocorre é a má distribuição, pois nos centros urbanos há muitos graduados e as vezes não há demanda para esse grande número. O que se inverte no interior, que há demanda, mas não há grande número de graduados.

 

O curso

Ele é ofertado para o grau bacharel e tem duração média de 5 anos. Os assuntos gerais estudados são os relacionados a boca, a mandíbula, ao maxilar e aos ossos da face. A Odontologia faz parte das Ciências Biológicas e da Saúde. Como exemplos de disciplinas que agregam ambas ciências temos a anatomia humana aplicada à odontologia, patologia, fisiologia, epidemiologia, histologia, microbiologia, imunologia, bioquímica, genética, farmacologia e outras.

Além dessas, há as matérias chamadas profissionalizantes, que darão suporte maior para a prática, que são:

  • Radiologia
  • Material dentário
  • Endodontia
  • Periodontia
  • Cirurgia
  • Próteses
  • Anestesiologia
  • Diagnóstico por imagem
  • Técnica radiográfica
  • Cariologia
  • Dentística

Primeiro ano, o aluno vê as disciplinas básicas, gerais, aprendendo uma visão global. Além disso, aprendem a fazer anamnese. Já no segundo ano o aluno treina as restaurações e outros procedimentos nos manequins dos laboratórios. No terceiro, os estudantes já atendem pacientes nas clínicas das faculdades.

 

Jooble.org

Odontologia na UNESP

O curso de Odontologia na UNESP é oferecido em três campus: em Araçatuba, Araraquara e São José dos Campos. Em todos, os alunos tem uma alta carga horária de clínica, de atuação prática, o que possibilita que tenham contato com todo tipo de paciente, desde os mais calmos, até os mais ansiosos e também de várias faixas etárias.

Em relação as especialidades, eles passam por todas durante o período das clínicas, atuando em procedimentos mais simples, como limpeza, e também os mais avançados, alguma cirurgia ou tratamento de comorbidade mais séria.

A clínica é sempre gratuita e atende a população da região em que está localizada. A troca é muito interessante, pois a comunidade também traz conhecimento aos alunos, assim como eles, é uma troca. Elas são, via de regra, propriedade da universidade, porém pode ser que a universidade tenha convênio com alguma outra clínica.

Em casos de não querer atuar ou querer seguir a carreira de pesquisador, é interessante desde a graduação desenvolver iniciação científica, pois assim a sua futura pesquisa de mestrado e/ou doutorado será facilitada, pois você saberá como é a área de pesquisa, como desenvolve um projeto, onde buscar informações e várias outras habilidades.

A média salarial, inicial, é de dois mil e oitocentos, o que é considerado alto para um início. No entanto, vale lembrar que o dentista, e o estudante de odontologia, tem muito gasto com os materiais e equipamentos que utilizam.